Atualização de cenários…

Ultimamente tenho visto pelos fóruns e comunidades do Orkut que o mundo das trevas de Mark Hein [bolinha] Hagen anda muito dividido. Muitos jogadores do velho cenário não se atualizaram. Por que seria? Por que um jogador deixa de atualizar-se quanto ao cenário?
Difícil de dizer.

Partindo da premissa de que uma editora e o criador do jogo nunca lançam uma atualização sem saber o que estão fazendo [tá bom, alguns fazem, mas isso não é assunto pra debater aqui, ok…] por que tantos jogadores não aceitam as mudanças?

Muitos dos jogadores que conversam comigo, e que jogam no mundo das trevas, me dizem que a atualização não foi bem aceita devido ao equilíbrio das ‘raças sobrenaturais’. Antes, segundo o que se ouve falar, um lobisomem não se deixaria apanhar por um grupo de vampiros, e paralelamente, um mago não se deixaria apanhar por um grupo de lobisomens. Imagina então a diferença de um mago para um vampiro.

Enquanto jogadores de outros sistemas geralmente buscam e prezam pelo equilíbrio [tá bom, nem todos] no antigo mundo das trevas as coisas eram diferentes e ainda continuam sendo, já que a grande maioria não se deixou levar pelo avanço do cenário.

Uma das coisas que eu acho que atrapalhou muito essa transição, foi que o cenário não teve exatamente uma atualização, e sim uma reformulação.

Antes, vampiros descendiam de Caim, hoje não sabem de onde vieram. Antes eles eram organizados com a ótima desculpa de que os humanos seriam predadores incessantes caso fossem desorganizados, hoje eles se misturam com outras seitas e fazem uma ‘bagunça’ generalizada, quando se fala em clãs, linhagens e coisas do tipo.

No cenário atual de Vampiro: o Réquiem, não se sabe como os vampiros passaram milagrosamente pela Santa Inquisição. Pelo menos eles não deixam claro.

Ou seja, os cenários são totalmente diferentes. São coisas totalmente distintas entre si e não atualizações. Talvez essa dúvida toda deixada em O Réquiem, tenha deixado alguns jogadores d’A Máscara, com a forte suspeita de que a coisa não ia simplesmente mudar. Eles começaram um novo cenário.

Claro, há aqueles que fazem o contrário. Usam o sistema do novo jogo, mas com o cenário do antigo, como pretende o amigo Oscar Velsharoon, nesse artigo para a Zona Neutra, mas eles são minoria [o que não interfere para que a idéia seja muito legal].

Quando um cenário passa por uma verdadeira atualização, como aconteceu com Forgotten Realms [já algumas vezes, até!] os jogadores avançam o estágio e tendem a acompanhar o cenário. Que graça teria jogar em FR, se Lolth nunca causasse a Guerra da Aranha, por exemplo? Como seria jogar em Tormenta se o Rei Thormy, daqui a 5 edições do cenário, ainda for o rei?

Tá bom, o meste pode fazer essa atualização, mas todos hão de concordar de que quando a coisa é oficial e um ‘japa’ do outro lado do mundo tem a mesma informação que eu, tudo fica mais interessante.

Anúncios

2 Respostas

  1. NJão acho que por que os autores de um cenário o são, quer dizer que eles sabem o mehor caminho que o cenário deve tomar. Quando jogava L5R eu nunca avançava muito a linha da história porque simplesmente a linha era ruim.

  2. […] blog parceiro Zona Neutra iniciou uma idéia interessante. Como falei a algumas semanas atrás, a Atualização dos Cenários nem sempre é bem vinda, principalmente como aconteceu no Mundo das Trevas. Pensando nisso, Oscar […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: