Menor que um, existe?

Uma das coisas que não se fala muito, nem mesmo nos RPG’s que usam níveis como método de comparação entre personagens, é como o personagem chegou a ser o que ele é no primeiro nível.

Não sei se isso interessa a todos os jogadores, mas seria algo interessante de se ver.

Como seu personagem se tornou um guerreiro, clérigo, mago, etc?

Esse artigo traz algumas informações pertencentes ao jogo Ragnarok Online, mas que tem a cara de D&D, desde que conheci o jogo e perdi parte de minha vida social.

novatos

Guerreiro

O personagem pode ir até a guilda ou associação de guerreiros, onde os maiores guerreiros locais se juntam para trocar experiências e ensinar algo aos novatos que aspiram seu primeiro nível na classe.

Organize testes simples que ele possa fazer. Se ele planeja se tornar um guerreiro e foi até esse local, ele deve ter treinado o básico do básico, então dê a ele algumas jogadas de dados que dêem a ele pelo menos 75% e chance de sucesso.

Equilibrar em pontes estreitas; atacar criaturas quase inofensivas; não cair em armadilhas identificadas, mas ainda armadas; e de preferência, dê um tempo determinado a ele para cumprir as tarefas delegadas a ele como teste. Isso faz com que ele tenha os 25% de chance de falha. Ou você acha que ele seria to espirituoso que ia entrar numa dessas altamente confiante de si?

Ladino

O ladino veio na 4º edição para ser uma de duas opções totalmente opostas. Ou um cara altamente larápio ou um homem de frente de combate.

Dê a ele a chance de conhecer os perigos de algumas armadilhas logo de cara. Faça-o entrar numa pirâmide com um labirinto simples; negociar com algum ladino mais experiente; mande ele conseguir itens na cidade, mas de preferência itens que precisam ser roubados ou tirados de monstros quase inofensivos; afinal, nada nesse mundo deve ser fácil, né?!

Mas lembre-se de que os ladinos mais experientes que falarem com ele, não vão o tratar com desprezo, já que ele, nem de longe, vai parecer uma ameaça aos olhos de um ladino com as mãos realmente leves.

Clérigo

Um personagem que deseja se tornar um clérigo deve ser um personagem aberto às restrições que lhe serão impostas. Afinal, um clérigo deve seguir as regras da sociedade e também as regras de sua religião.

Uma aventura básica, que servirá como teste de paciência para o aspirante à clérigo, é uma viagem que passe por lugares onde os monstros não o atacam, mas o encaram como se quisessem atacá-lo.

Faça-o ir falar com NPC’s que estejam longe da catedral onde ele deseja se ordenar. Longe a uma distância que ele possa ir a pé, mas que não seja mortífera. Isso já deve ser um teste bom demais pra testar sua fé na crença que ele deseja seguir.

Interessante seria que a igreja/templo/organização a que ele deseja seguir desse a ele algum item que o ajude no seu início de carreira, caso ele seja um clérigo que vá sair em campanha para evangelizar o nome de sua divindade.

Mago

Essa é a classe que mais se identifica com um tutor, já que você precisa dele para se iniciar na arte da magia. Nas outras classes, o personagem pode treinar sozinho antes de tentar os testes, mas o mago não.

Como ele vai depender de um tutor, que lhe dê acesso a alguns pergaminhos, livros de magia ou itens mágicos, o teste para se tornar mago poderia ser relativamente fácil. Poderia!

Faça-o reproduzir um efeito mágico; realizar os trabalhos para a confecção de uma poção básica ou pergaminho; Algo que não o faça sentir-se melhor do que é. Talvez uma opção que cure no máximo 4 pontos de vida, mas que demore para ser feita, é uma ótima opção, já que ele não vai deixar de se aventurar para perder tempo criando uma opção que mal cura ninguém.

*****

Essas são as classes mais básicas de D&D. Um grupo ideal talvez. Por não ter familiaridade com as outras classes, prefiro nem falar, mas criar “quests” simples para se “formar” na classe que aspira, pode ser uma grande aventura para personagens ainda muito fracos.

Anúncios

10 Respostas

  1. Muito bom! gostei muito do post! está de parabéns!

  2. Em meu blog sobre Street Fighter RPG eu tenho um post semelhante que trata do prelúdio do personagem, uma mini aventura de como ele chegou ao status de lutador de Posto 1 (equivalente a nível 1-2 em D&D). Vale a pena dar uma olhada.

    http://blog.sfrpg.com.br/post/O-Preludio.aspx

  3. isso me lembrou muito never winter nights…
    na primeira missão dele vc é testado em alguns testes para iniciantes

  4. alexandre, eu sou à kell, gostei dos posts, se me enviar outros vou gostar.

  5. Kell, teu endereço não tá recebendo. Pelo menos te mandei um e-mail e até agora nada…

    Bom saber que gostou… Com minha vida social de volta, espero ter novos textos em breve aqui no blog.

    Obrigdo pela visita e pelo comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: