Navegação – Os Custos de uma Tripulação

INICIATIVA GURPSEsse é um post da INICIATIVA GURPS! Esses posts são sempre conjuntos, temáticos e periódicos. Assim, de 15 em 15 dias, você pode conferir a visão de vários autores sobre um mesmo assunto. O tema desta edição da INICIATIVA GURPS é PIRATAS!

Esse é o primeiro post aqui no RPG Virtual que nos foi enviado por um colaborador externo. Quem sabe o primeiro de muitos.

Ele nos foi enviado por Rodrigo “Allefcapt” Tolentino, administrador da Spell RPG, que entrou no Ranking Cinza pela primeira vez, em setembro.

Vamos ao post.

*****

Muitos mestres e jogadores por vezes encontram em seus caminhos longas jornadas a bordo de um navio. São dias carregados de aventura ou marasmo… tudo dependerá dos ventos e dos obstáculos que surgirem.

Mestres podem permitir que seus jogadores consigam moldar seus personagens com mais detalhes, fazendo-os aprender novas técnicas e atributos.

Aqui, tentarei auxiliar um pouco a todos que desejam construir melhor os detalhes que moldam as grandes navegações.

Uma boa tripulação é o início de tudo.

Neste grupo é preciso reunir tudo o que uma boa embarcação precisa: Timoneiros, cozinheiros, calafates, marceneiros…

E quanto será que custa uma boa tripulação? Descubra agora….

Navios – Informações Gerais

Para facilitar o calculo de uma campanha marítima, os valores dos mantimentos correspondem ao necessário para um mês de viagem a bordo.

Ao lado do nome de cada alimento, encontra-se a quantidade necessária ao consumo diário de um  marinheiro, o custo do produto individualmente e o custo final para uma viagem de cerca de 30 dias.

Mantimentos:

  • Alimentação básica a ser usada pelo cozinheiro de bordo e a ser distribuída entre os marinheiros:

Obs: Os alimentos sólidos eram distribuídos uma vez por mês, todos crus.

– Biscoitos (400 gr. Diárias/marinheiro ou cerca de 12 quilos por mês) – Sendo 10 po/barril de 88kg, que era o suficiente para  7 marinheiros ao mês, logo o custo e de 1,4 po marinheiro/mês

Obs: Estes biscoitos geralmente de água e sal, eram a base da dieta dos homens a bordo.

Com o tempo ficavam apodrecidos, cobertos de bolor e viravam verdadeiros viveiros de baratas. Estes biscoitos, que se confundem com a própria historia da navegação, eram assados em fornos próprios ainda em terra firme.

– Carne Salgada ou Bacalhau/arenque e Sardinha na salmoura

(500 gr. Diárias/marinheiro ou cerca de 15 quilos por mês) – Sendo 3 po/barril de 88kg, que era o suficiente para 5 marinheiros ao mês, logo o custo e de 6 pp marinheiro/mês

Obs: Na maioria das vezes estes mantimentos eram distribuídos de forma rigorosamente igual, entre todos, cabendo a cada tripulante 15 quilos por mês mais as porções de cebola, vinagre e azeite.

Cebola – (500 gr. Mês/marinheiro) – Sendo 1po/500 gramas, logo o custo e de 1po/marinheiro ao mês.

Azeite – (I Litro mês/marinheiro) Sendo a Pipa de 4, 5 litros o suficiente para 4 marinheiros ao mês – 8po, logo o custo e de 2 po marinheiro/mês.

Vinagre – (I Litro mês/marinheiro) Sendo a Pipa de 4, 5 litros o suficiente para 4 marinheiros ao mês – 8po, logo o custo e de 2 po marinheiro/mês

Obs: O vinagre não era usado somente na alimentação:  também servia para desinfetar a imundice do porão, no qual parecia se esconder a mais terrível fatalidade da vida no mar: O Escorbuto

– Queijo – (1 pedaço/marinheiro semana) – Sendo 4pp/peça (que pode ser dividido para 4 marinheiros) – Logo o custo e de 3 po por marinheiro/mês.

– Lentilha ou arroz –  (250 gr. Diárias/marinheiro ou cerca de 7, 5 quilos por mês) – Sendo 2pp/500 gramas, logo o custo e de 3po/marinheiro ao mês.

Obs: Estes itens historicamente eram geralmente dados nos dias de jejum, como a Sexta feira santa, para serem usados no lugar da carne.

Em termos de uma campanha de RPG, isso pode e deve ser adaptado.

  • Condimentos usados nas refeições e distribuídos entre os marinheiros. Serviam como importantes complementos e temperos para a alimentação. Nem todos os itens eram disponibilizados.

Sal – (100 gr. mês/marinheiro) – 1pp/500 gramas, que era o suficiente para 5 marinheiros ao mês, logo o custo e de 2pc marinheiro/mês.

Mostarda – (50 gr. mês/marinheiro) – Sendo 2po/500gramas, que era o suficiente para 10 marinheiros ao mês, logo o custo e de 2pp marinheiro/mês.

Alho – (250 gr. mês/marinheiro) – Sendo 1po/500 gramas, logo o custo e de 5pp marinheiro ao mês.

Açucar (mascavo) – (200 gr. mês/marinheiro) – Sendo 1po/500gramas, logo o custo e de 4pp marinheiro ao mês.

Mel –  (1 pote mês/marinheiro) – Sendo 5pp/pote com cerca de 500 gramas, logo o custo e de 5pp marinheiro ao mês.

Amêndoas ou figos – (500 gr. semana/marinheiro) – Sendo 3pp/500gramas, logo o custo e de  1,2 po/marinheiro ao mês.

Ameixas Secas ou uvas passas – (500 gr. semana/marinheiro) – Sendo 2pp/500gramas, logo o custo e de  8 pp/marinheiro ao mês.

  • Líquidos

Obs: O vinho e a água eram entregues diariamente e cada homem tinha direito a uma “canada” (cerca de 1, 5 l)

Obs2: Um Barril comporta 120 litros ou 88 Kg.

Obs3: Um barril de água ou vinho, dura em média 1 dia para 80 tripulantes.

– Vinho ou cerveja (1,5 litros por dia/marinheiro) – 20 po o barril de boa qualidade

Obs: O vinho era preferido, e a principal função dele era manter a moral dos homens elevada.

Havia em media, cerca de 200 barris ou pipas do liquido no navio.

– Água  (1,5 litros por dia/marinheiro) – 1 barril de boa madeira custa 2po. Geralmente a água era embarcada gratuitamente.

Obs: A água para beber e cozinhar também era fornecida a base de uma canada por dia. Armazenada em barris/toneis de madeira pouco apropriados, sempre cheirava muito mal por causa do ciclo natural das reações químicas. Infecções e diarréias eram muito comuns.

  • Animais

Obs: Em alguns casos, dependendo da viagem, alguns animais eram levados a bordo para completar a dieta dos capitães e oficiais. Galinhas e ovelhas eram as mais comuns.

– Galinha – 2pc

– Frango – 3pc

Rações: 5pp/barril grãos – o que alimenta cerca de 20 animais por mês.

– ovelhas – 2po

– porcos – 3po

– Javali – 10po

Rações:  – 15pc/maço de ervas – o que alimenta cerca de 1 animal de cada raça por mês.

Observações:

– Um dos principais personagens dentro de um navio e o despenseiro, responsável pelo controle da distribuição dos itens para a tripulação.

Em grandes embarcações, havia um total de três: Um para os homens de infantaria ou passageiros, outro para os marinheiros e um terceiro para os oficiais.

Algumas embarcações permitiam que o fogo fosse aceso no convés e que todos pudessem usufruir, cozinhando particularmente suas porções. Este era um momento muito delicado, pois o navio ficava exposto ao mais temido acidente: o incêndio de bordo.

Assim, podemos calcular qual e o custo de um marinheiro por mês para uma embarcação, referente a uma viagem de 30 dias:

Obs: Caso é claro, se opte por todos os itens.

Biscoitos – 1, 4 po

Carne salgada ou peixes – 6pp

Cebola – 1po

Azeite – 2po

Vinagre – 2po

Queijo – 3po

Lentilha ou arroz – 3po

Sal – 2pc

Mostarda – 2pp

Alho – 5pp

Açúcar – 4pp

Mel  – 5pp

Amêndoas ou figos – 1, 2po

Ameixas secas ou uvas passas – 8pp

Custo Total de um Marinheiro por Mês: 16 PO, 6 PP, 2 PC

Soma-se a este numero, depois de multiplicado pelo numero de tripulantes, 20 po pelo barril de vinho e 2 po pelo barril de água, suficientes para ate 80 homens ao mês.

Ergam ferros e soltem as velas!

O oceano os espera….

Rodrigo “Allefcapt” Tolentino

allefcapt@globo.com

allefcapt@spellrpg.com.br

Anúncios

4 Respostas

  1. Muito bom… um dos mais úteis até agora…

  2. […] seu jogo. Criando Navios a Vela para GURPS Galeão para GURPS Termos Náuticos Navios de linha Navegação – Os Custos de uma Tripulação Fluyt – O navio mercante Holandês para Gurps Iniciativa Gurps – Os custos de uma […]

  3. Incrível!

    Administração e Logística em um RPG.

    Estou trabalhando com meu próprio game (um RPG), e estou interessado em dicas que incrementem a dinâmica das guildas (algumas funcionam como cartéis e, adicionalmente, como polícias secretas).

  4. Aprendi muito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: