Os Pequenos Guardiões ganha prequel e antologia…

Se você já leu Os Pequenos Guardiões ficará mais do que feliz em saber que o autor da série anunciou dois títulos paralelos a série. Se não leu, está perdendo uma ótima HQ.

Os Pequenos Guardiões é uma série da Archaia Studios Press escrita e desenhada por David Petersen que conta a história de uma colônia de ratos inteligentes que vivem na idade média em um mundo sem humanos. O primeiro arco, “Outono – 1152″, foi lançado no Brasil sob a forma de uma mini-série em 6 edições pela editora Conrad e apresentou aos leitores, além dos heróis principais – Lieam, Saxon, Kenzie e Conrad – um carismático personagem, o Machado Negro.

Desde sua estréia Os Pequenos Guardiões tem sido um fenômeno de críticas e vendas, e agora seu autor anunciou o lançamento de duas novas séries relacionados a ela: Legends of the Guards [Lendas dos Guardiões] e Black Axe [Machado Negro].

Conforme explicou em entrevista concedida ao Comic Book Resources, Petersen disse que Black Axe será um prequel em seis edições dos dois primeiros livros de Os Pequenos Guardiões – Outono – 1152 e Inverno – 1152; este último ainda inédito no Brasil – no qual conheceremos os dias de glória do Machado Negro.

Será algo com uma história de origem“, disse o autor, “e eu espero dar aos leitores alguma informação sobre o personagem sem acabar com sua magia. Algumas questões serão respondidas, mas não todas. Estou pretendendo que esta [série] tenha um clima um pouco mais mitológico do que as duas anteriores, algo como um conto de fadas, mas não completamente. Portanto, ela ainda será prática, ainda será no mundo real“.

Legends of the Guards, por sua vez, não será uma série produzida por Petersen, mas sim uma antologia de várias histórias dos ratinhos guardiões produzidas por vários artistas diferentes. Dentre os artistas confirmados estão Jeremy Bastion, Mark Smylie, Katie Cooks, Alex Sheikman e Guy Davis. Há ainda nomes que foram cogitados, mas não confirmados, como Nate Pryde, Ted Nafieh e Gene Ha.

A idéia de Petersen para esta antologia é dar aos criadores liberdade total para trabalharem com o mundo criado por ele. Porém, o autor ficará responsável, além das capas, por páginas internas que ligarão estes contos.

Logo de cara Os Pequenos Guardiões já se apresenta diferente, em um formato quadrado de 20 X 20 cm e de míseras 28 páginas. Quando li a primeira edição lançada pela Conrad (Os Pequenos Guardiões – Na Barriga do Monstro) o fiz em pouco menos de 10 minutos e fiquei bastante decepcionado.

Porém, com todo o alarde feito ao redor da série resolvi lhe dar mais uma chance, mas dessa vez li as 6 edições de uma só vez, e então compreendi porque ela foi tão aclamado nos EUA. O trabalho de Petersen é simples e direto, com traços responsáveis por dar aos camundongos características humanizadas mas sem exagerá-las, deixando-os longe de um traço infantil. Cada capítulo esbanja em simplicidade, mas a trama completa é bastante complexa.

Saber que o autor da série pretende fortalecê-las com dois novos projetos é, sem dúvida, uma ótima notícia para os leitores de quadrinhos. Espero que este material saia aqui no Brasil.

E o que tem isso a ver com RPG? Confira essas resenhas, no site dos Cavaleiros Paragônicos [em português] ou na página RPG.net [em inglês] e quem quiser pode ainda comprar a revista Dragon Slayer 28, que traz uma boa resenha sobre o livro.

Fonte: Revista O Grito

Anúncios

Uma resposta

  1. Adoro essa serie *.*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: